jump to navigation

Espirito Selvagem … Outubro 18, 2009

Posted by rivercastell in Reflexões.
add a comment

Diz-se que um animal selvagem, mesmo depois de estar muitos anos em cativeiro, se nota aquele olhar selvagem. Olhar que nunca se desvanece e permanece consigo toda a vida!

…tal como os espíritos selvagens!

Porque razão há pessoas que tentam domesticar  ESPÍRITOS SELVAGENS ?


cavalo

Converter PDF para Kindle Outubro 16, 2009

Posted by rivercastell in Utilitários.
Tags:
add a comment

Já todos sabemos que o kindle veio para ficar, e pelos vistos está a ter uma grande aceitação do público.

Se tem algum ebook e gostaria de disponibilizar para o kindle, então já poderá usar este utilitário gratuito.

Auto-Kindle-eBook-Converter-600x450

Shakira Gypsy Outubro 11, 2009

Posted by rivercastell in Uncategorized.
add a comment

Microsoft Office 2010 Starter será grátis Outubro 11, 2009

Posted by rivercastell in Uncategorized.
add a comment

Segundo a Computer World a Microsoft irá disponibilizar uma versão gratuita do Office 2010 completamente gratuita. esta versão será financiada através de publicidade e deverá de ter menos funcionalidades que as restantes versões.

Estava versão do Office apenas terá Word e Excel, e estas versões serão versões muito básica, permitindo apenas tarefas bastante básicas.

Esta versão virá pre-instalada em novos Pcs.

Braga e Sporting de Braga por Miguel Esteves Cardoso Outubro 6, 2009

Posted by rivercastell in Uncategorized.
2 comments

Enviaram-me este belo texto do Miguel Esteves Cardoso.Bela descrição de Braga.

“Braga é fantástico. Às vezes, fica-se com a impressão que é Braga que deveria mandar neste país. Veio do Sporting de Braga o treinador que está a salvar o Benfica. Mas, mesmo sem esse treinador, o Sporting de Braga está em primeiro lugar.

Acho que o Sporting de Braga é o único clube de que todos os portugueses gostam secretamente. Os benfiquistas acham que eles são do Benfica; os do Sporting apontam para o nome e os portistas, por muito que lhes custe, são nortenhos e não se pode ser nortenho sem gostar de Braga.

Toda a gente tem medo – e com razão – do Sporting de Braga. Há a mania de engraçar com a Académica de Coimbra ou com o Belenenses, mas são amores fáceis, que não fazem medo nem potenciam tragédias.

O Sporting de Braga não se presta a essas condescendências simpáticas. É por ser temido que o admiramos. Mais do que genica, tem brio. É uma atitude com que se nasce; não se pode ensinar nem aprender.

A primeira vez que fui a Braga já estava à espera de encontrar uma cidade grande e diferente de todas as outras. Mas fiquei siderado. Acho que Braga se dá a conhecer a quem lá entra, sem receios ou desejos de impressionar.

A primeira impressão foi a modernidade de Braga – pareceu-me Portugal, mas no futuro. E num futuro feliz. O Porto e Lisboa são mais provincianos do que Braga; tem mais complexos; tem mais manias; tem mais questiúnculas por resolver e mais coisas para provar.

Braga fez-me lembrar Milão. É verdade. Eu adoro Milão mas Milão é (mais ou menos) Italiano, enquanto Braga é descaradamente português. Havia muitas motas; muitas luzes; muita alegria; muito à-vontade.

Lisboa e Porto digladiam-se; confrontam-se; definem-se por oposição uma à outra. Braga está-se nas tintas. E Coimbra – que é outra cidade feliz de Portugal – também é muito gira, mas não tem o poderio e a prosperidade de Braga.

Em Braga, ninguém está preocupado com a afirmação de Braga em Portugal ou no mundo. Braga já era e Braga continua a ser. Sem ir a Roma, só em Braga se compreende o sentido da palavra “Augusta”. Em contrapartida, na Rua Augusta, em Lisboa, não há boa vontade que chegue para nos convencer que o adjectivo tenha proveniência romana. A Rua Augusta é “augusta” como a Avenida da Liberdade é da “liberdade” e a Avenida dos Aliados é dos “aliados”, mas Braga é augusta no sentido original, conferido pelo próprio Augusto.

Em Braga, a questão de se “comer bem” ou “comer mal” não existe. Come-se. E, para se comer, não pode ser mal. Pronto. Em Lisboa, por muito bem que se conheçam os poucos bons restaurantes, está-se sempre à espera de uma desilusãozinha.

No Porto, apesar de ser difícil, ainda se consegue arranjar alguma ansiedade de se ser mal servido; de ir a um restaurante desconhecido e, por um cósmico azar, comer menos do que bem. Em Braga isso é impossível. O problema da ansiedade não existe. Braga tem tudo. Passa bem sem nós. Mas nós é que não passamos sem ela, porque os bracarenses ensinam-nos a não perder tempo a medir o comprimento das pilinhas uns dos outros ou a arranjar termómetros de portuguesismo ou de autenticidade.

É por isso que o Sporting de Braga está à frente. Não é por se chamar Sporting. Não é por ter cedido o treinador ao Benfica. O Benfica ganhou muito com isso. Mas é o Sporting de Braga que está à frente.

É por ser de Braga. É uma coisa que, infelizmente, nem todos nós podemos ser.

Fique então apenas a gentileza de ficar aqui dito de ter pena de não ser.”

A participar no Congresso de Webmasters em Madrid Outubro 3, 2009

Posted by rivercastell in Uncategorized.
add a comment

Durante este  fim de semana estou em Madrid a participar no congresso de Webmasters.

Se quiserem podem ver o programa aqui : Congreso Webmasters

Para já está ser bastante interessante, e parece que estão cerca de 100 pessoas ligas ao WIFI local. 🙂

O Google Espanha já promove a venda de telemóveis !!! Setembro 24, 2009

Posted by rivercastell in Tecnologia.
add a comment

Pois é! Parece que o Google anda bastante empenhado em tentar vender telemóveis com o seu SO ( Android).
Aqui está a imagem :

www.google.es

Google Mobile / HTC / Vodafone

Amalia Hoje – Amália para Sempre Setembro 23, 2009

Posted by rivercastell in Reflexões.
Tags:
add a comment
Este texto é um comentário que coloquei no site do Blitz. Estive a ler os comentários a um artigo que fizeram dos Amália Hoje, e vi lá comentários de gente que diz mal por dizer. Trolls. Então coloquei lá a minha opinião, nos comentários.
Amália Hoje - Na Fnac de Braga
Este é “apenas” um dos melhores projectos de sempre da música Portuguesa.
Este é “apenas” um dos melhores projectos de sempre da música Portuguesa.
Pode-se não ser especialmente fã de determinada música, mas devemos reconhecer aquilo que tem qualidade. Não sou um ouvinte habitual de Moonspell, mas acho que eles tem muita qualidade, assim como acho o Fernando Ribeiro um músico inteligente. The Gift já cá anda hà muito tempo e já provou que, não tem só umas das melhores vozes nacionais, mas que tem qualidade e criatividade. O Nuno Gonçalves é, na minha opinião, um músico brilhante, e sobretudo inteligente.

Por fim, este projecto está muito bem conseguido e todos os quatros foram absolutamente surpreendentes. O projecto está recheado de bons pormenores, e será um disco intemporal.
Tive a oportunidade de ver o Show Case na FNAC de Braga, e posso dizer que foi muito bom. Sobretudo porque eles não vem apenas despejar música e voltar para casa. Conversam, dialogam com o público entre as músicas.Absolutamente intimista e informal.

Uma postura inteligente e sem vedetismos.

Como será o Mundo Digital daqui a 10 anos ? Setembro 17, 2009

Posted by rivercastell in Tecnologia.
Tags:
add a comment

Videos interactivos 360 – Tecnologia de navegação 360º sobre videos Setembro 15, 2009

Posted by rivercastell in Tecnologia.
add a comment

Não foi ha muito tempo que se lançou a tecnologia de fotos 360º. Na prática estas máquinas tinham uma lente especial que permitia, mais tarde com um software apropriado, navegar na foto como se estivéssemos no local.

Toda essa tecnologia parece do passado, quando testamos a nova tecnologia 360, mas sobre videos.Impressionante. Imaginem verem um vídeo de um concerto, onde podem “navegar” em todas as direcções.  Imaginem estar no meio de um concerto e ter a possibilidade de ver o vídeo numa perspectiva 360.

Vídeos 360